Primo Fior e saúde #1: Resveratrol.

Te explicamos um pouco mais desse sistema de defesa da videira, que se reflete em saúde com o consumo de seus frutos como, por exemplo, os sucos, vinhos e até mesmo o consumo de uva in natura.

Ao saber um pouco mais sobre essa substância provavelmente você vai mudar até mesmo a sua opinião sobre o consumo de vinhos, mas lembre-se que devido ao álcool, precisamos ter moderação sempre!

Quimicamente o resveratrol é um polifenol encontrado em muitas frutas, legumes e algumas raízes, normalmente de cor escura - roxa, mas destacaremos hoje a sua presença nas uvas, sucos e vinhos tintos. Ou seja, quanto mais intensa for a cor das uvas e vinhos, maior a quantidade de polifenois presentes na sua composição.

O resveratrol é um polifenol que auxilia na manutenção da sanidade da planta e normalmente seus níveis aumentam quando a videira sofre algum tipo de stress, seja por mudanças nos fatores climáticos, ou por ataques de agentes patógenos, como por exemplo alguns tipos de fungos. Neste processo o resveratrol é responsável por impedir que as células oxidem e que liberem radicais livres, mantendo a célula saudável.


Resveratrol no vinho

Sim, o resveratrol é muito ligado à uva, ao vinho e sucos, principalmente os tintos. Além do mais, quem nunca ouviu aquela expressão popular:

"Uma taça de vinho por dia faz bem para a saúde e mantém os médicos longe".

Pois é, no vinho o resveratrol auxilia um pouco na complexidade aromática e na adstringência mas, é na saúde que os holofotes estão direcionados, nesta área, realmente tem aplicações muito importantes para o bem-estar de todos nós. Alguns benefícios relacionados ao resveratrol são:

  • O auxílio no combate das inflamações no corpo, ou seja, possui ação anti-inflamatória, ajudando no combate aos organismos nocivos e auxiliando na recuperação celular e cicatrização;

  • Protege o organismo do envelhecimento precoce e atua contra a obesidade, no auxílio da purificação e desintoxicação do organismo;

  • Gera um aumento sensível na produção de insulina, atuando contra o diabetes;

  • Combate o surgimento de doenças cardiovasculares, pois contribui para a liberação da enzima endotelina que favorece a dilatação dos vasos sanguíneos e assim auxiliando na regularização da pressão sanguínea;

  • Ajuda a diminuir o colesterol LDL (conhecido popularmente como colesterol ruim), assim combatendo a aterosclerose, diminuindo as chances de obstrução de veias e artérias;

  • Retarda e previne a proliferação de células cancerígenas, postergando a apoptose celular (ou a morte celular programada);

  • Combate o surgimento de doenças neurodegenerativas, tais como a doença de Huntington e o Parkinson. Combatendo a formação das placas de Alzheimer, apontada por estudos a principal causa da evolução e surgimento da doença de mesmo nome.

Algumas informações adicionais sobre o resveratrol

Existem muitos outros benefícios do consumo consciente do resveratrol, mas muitas pessoas perguntam qual a dose, se em uma dose recomendada para consumo, como utilizar o resveratrol para baixar o peso, ou ainda se tem contraindicações de consumo.

Seguinte, sempre e em qualquer hipótese, consulte seu médico e seu nutricionista. São eles que conseguirão lhe orientar sobre consumo e outras informações relacionadas com o resveratrol e sua saúde. A sua saúde é seu bem mais valioso, não corra riscos desnecessários.

Deforma gera, hoje em dia já existem suplementos de resveratrol, mesmo não tendo uma dose diária ideal, as doses são sempre inferiores a 5g/dia por pessoa. Como auxiliar na perda de peso, ele alcança essa propriedade por auxiliar na liberação de um hormônio chamado adiponectina que ajuda na queima de gordura corporal.

Mais uma vez, o resveratrol não é uma substância milagrosa, que vai resolver todos os teus problemas, quando falamos de saúde é preciso saber que não existe ninguém mais capacitado que seu médico e nutricionista para lhe aconselhar e acompanhar.

Alguns estudos mostram que o excesso de resveratrol pode ocasionar alguns transtornos gastrointestinais, como por exemplo diarreias, náuseas e vômitos, porém, nenhum efeito colateral foi registrado até a presente data (02.03.2021) que tenhamos conhecimento. O resveratrol não deve ser consumido sem orientação profissional principalmente por grávidas e durante a amamentação ou por crianças.


O resveratrol não é um dos nomes mais fáceis de ser pronunciado e às vezes enrola nossa língua, mas é importante conhecer um pouco mais sobre esse importante aliado no cuidado de nosso bem-estar. Em tempos pandêmicos todo o cuidado é pouco e cuidar da nossa saúde com certeza é prioridade. Para tanto deixo o link para você conhecer os produtos Primo Fior e, se possível, adicioná-los na sua dieta.


A Primo Fior deseja que todos fiquem bem e que esses tempos difíceis passem logo. Se cuidem, cuidem das suas famílias, cuidemos um dos outros. Agora estamos em contagem regressiva, logo poderemos nos abraçar pessoalmente.


Use máscara, lave as mão, utilize o álcool gel. A Primo Fior apoia a vida!

Escrito por Maria Lúcia Fraron - Enóloga.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo