Confira as 5 dicas para armazenar seu vinho da melhor forma!

Seu estoque de vinho foi renovado e mais um ano você olha para aquele cantinho pensando como seria bom ter uma adega climatizada? Você tem dificuldade em saber se seus vinhos estão acondicionados de forma ideal? Então estas dicas são para você!

Uma das principais dúvidas dos apreciadores de vinhos iniciantes é como acondicionar as garrafas de vinhos escolhidas com tanto cuidado de forma ideal, quando muitas vezes não há a possibilidade de adquirir uma adega climatizada. Desde o vinhedo até a sua venda, os vinhos são mimados com muita atenção e cuidado, onde alguns aspectos são essenciais para manter as características do produto intactas.

Todo bom enófilo e apreciador de vinhos tem um cantinho especial da casa reservado para seu tesouro no formato dos mais diversos rótulos e tipos de cultivares. A partir desse ponto é você o responsável por continuar esses cuidados para garantir a evolução ideal, garantindo vinhos mais longevos e momentos únicos.

Pensando nisso a Primo Fior separou 5 dicas indispensáveis sobre o assunto:


Temperatura do meio

Tudo depende do quão rápido vai consumir seus vinhos. Isso mesmo se o consumo dos vinhos forem algo entorno a dias ou semanas o vinho pode ate suportar alguns graus acima da temperatura ideal a qual, por sua vez, gira entorno de 12ºC e 14ºC.

Devido ao vinho estar em constante evolução, evite temperaturas acima de 25ºC, onde seu envelhecimento pode ocorrer de forma acelerada. E não se esqueça que o vinho é muito sensível à variações extremas de temperatura. Busque sempre a constância.


Posição da Garrafa


Tudo depende do tipo de rolha ou fechamento que a garrafa apresentar. Rolhas de cortiça natural devem sempre ficar em contato com o líquido para evitar ressecá-las e liberar um maior contato de ar com o produto, ocasionando sua oxidação. Ou seja, na posição horizontal.

Rolhas sintéticas ou screw cap podem ser guardadas de pé sem problemas nenhum. De qualquer forma o liquido estará muito bem protegido nesse tipo de fechamento.


Luz


Sabe aquela escuridão das caves das vinícolas? Ela tem um propósito! O local de armazenamento ideal deve ser protegido da luz natural e artificial. Principalmente os vinhos brancos e rosés, que normalmente são apresentados em garrafas transparentes.

O que acontece é que a luz em contato com o vinho desencadeia uma série de reações que são prejudiciais para a manutenção e proteção das características dos seus vinhos.


Vibrações e trepidações


O momento em que o vinho entra na adega é caracterizado como seu momento de descanso. Lugares com grandes vibrações e trepidações definitivamente não são uma boa escolha.

Tudo isso porque, como dissemos, o vinho é vivo e sofre constantes transformações. Esse processo de agitação faz com que seu envelhecimento seja apressado, alterando assim a qualidade e as características do vinho que você tanto ama e guardou com todo o carinho na sua casa.

O vinho gosta e precisa de absoluto repouso.


Ventilação


Locais fechados e muito úmidos são propícios para o surgimento de fungos que podem atacar a rolha e afetar o produto. Por isso, mantenha seus vinhos em local seco e fresco.


Seguindo essas dicas acima com toda certeza seus vinhos estarão bem protegidos e em ótimos cuidados. Comece com poucas garrafas e vá aumentando com o tempo.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo